10.9.13

Eu espero


Vem aqui porque eu tô com saudade. Vem porque já faz 27 dias e, sim, eu contei no calendário. Meu Deus, como eu sinto sua falta. Do tipo que dá calafrios e borboletas quando penso em te reencontrar. Eu sei que nós somos errados e blá blá blá, toda aquela história que já deu. Eu ainda sou jovem e não me importo de errar mais algumas vezes. Só me liga, para de perguntar sobre mim pra todo amigo nosso que você encontra. Pergunta pra mim. Vem aqui pra eu te contar como a vida tem sido boa comigo e as coisas estão dando certo. E dizer que só falta você. Só falta te ver mais uma vez, porque todo o tempo distante não adiantou. A saudade só aumentou.

Tenho considerado te ligar ou mandar uma mensagenzinha, mas sei que vou me odiar se as horas passarem e você não responder. Em momentos assim, eu me lembro do motivo pelo qual nos separamos. Precisávamos de tempo, né? Nós não fomos feitos um para o outro, sempre soubemos disso. Se ficávamos 2 horas juntos, era briga na certa. Éramos intensos, fazer o quê? (Gostou do eufemismo?) De qualquer forma, a lembrança era boa e dez minutos longe já me faziam querer te ver de novo.

O que dá um nó na minha cabeça é a incerteza. Eu e você éramos cheios delas. Nunca seremos algo concreto. A única coisa que não desmancha aqui é o amor que sinto, porque, de resto, sinto que está tudo por um fio. Você pode partir a qualquer momento, pode estar no meio de uma bebedeira e de repente desistir de mim. Eu tenho esse empreguinho que me leva a lugares estranhos e talvez, qualquer hora, leve pra longe daqui. E eu não vou te pedir pra jogar sua vida para o alto e me acompanhar. Nós somos diferentes. Não seria justo.

Mesmo com todo o errado que nós nunca vamos poder transformar, eu sinto sua falta e você pode vir quando quiser. Você tem o endereço e uma cópia da chave, tem meu número se estiver na dúvida, tem meu coração nas suas mãos e se quiser devolvê-lo, vai ter que trazê-lo aqui. Só pra eu te ver mais uma vez.


2 comentários:

Isadora Mello disse...

Acho que nessa frase: "Nós não fomos feitos um para um outro" seria "uma para o outro" ;)

Gostei muito desse texto, principalmente o final. Muita gente, inclusive eu, se perde um pouco nos finais, mas você não. Vou consegue concluir direitinho a sua ideia fechando o texto com chave de ouro! Parabéns!

Mayara disse...

@Isadora Mello ops, falha de digitação mesmo hahaha. Obrigada <3