18.8.13

19

Já reparei que ainda não aprendi a ficar longe de você. Não sei se me apeguei demais, se acostumei com a sua presença, ou se a vida simplesmente tem mais graça ao seu lado. Acho que você me deu muito amor e eu não estava acostumada, então queria ficar com você o tempo todo pra poder devolver tudo o que me faz sentir. Uma teoria meio piegas, mas funciona pra mim.

A verdade é que eu deveria aproveitar o tempo longe de você pra fazer algo do que você fosse se orgulhar, porque agora, além do seu amor, quero que tenha orgulho de mim. E acho que parte de mim sabe que eu não tenho dado muito disso. Eu tento. Eu não sei se passo uma imagem de quem acredita no que faz e no que é, mas desde muito cedo eu sabia o que seria. Quando eu reabro velhos diários, percebo que isso não mudou. Eu ainda sou a mesma menina escrevendo músicas sentada na cama e chorando porque talvez eu precise fazer algo que não amo porque eu amo um sonho distante. Eu sempre tive sonhos maiores que a minha realidade e acho que me frustrou crescer e descobrir a verdade. Podiam ter me dito quando eu era criança, aceitaria melhor que agora. Um dia, talvez eu te mostre tudo o que já escrevi até hoje. Eu tenho orgulho, porque de tudo o que já fiz na vida, foi o que mais me empenhei para que ficasse bonito. Eu sempre escolhi notas e acordes que me fizessem voltar no tempo e rimei palavras que tivessem algum significado. Eu não sou modesta quando se trata disso, até porque qualquer um pode criar uma obra prima quando coloca seu coração no que faz. Sei que nada disso justifica toda a minha depressão, meus dias de loucura e minha falta de interesse na maioria das coisas ao meu redor, mas é que eu descobri, depois de praticamente adulta, que eu precisava refazer todos os meus planos! Olha só! Eu cresci com um foco que virou um borrão e eu preciso me redescobrir.

Eu levei dezoito anos pra construir tudo o que sou e me dizem que eu preciso mudar. Não é justo comigo. Eu não tenho mais dezoito anos para descobrir o que quero ser e como fazer novas coisas. Eu preciso ter tudo em mãos pra ontem. Nada é mais confuso que isso. Mas eu juro que estou me esforçando. Eu já fiz muitas promessas a mim mesma e não cumpri, mas eu nunca falhei com você. Eu nunca menti e tudo o que eu tento até hoje é porque sei que sua crença em mim vai me amparar em qualquer momento. Então acredite quando eu te prometo que tudo vai dar certo, que eu vou ficar bem e vou te recompensar por todo o tempo que parece perdido.

É muito difícil recomeçar toda uma vida agora, mas se você pensar bem, a vida recomeçou quando eu conheci seu amor e faz tão pouco tempo. Talvez seja mais uma questão de intensidade do que de tempo. E talvez se eu me espelhar em tudo o que você me trouxe de bom, amanhã eu já consiga ficar de pé. Porque eu quero, posso e você merece. Eu ainda não sei bem o que fiz pra merecer as suas coisas boas, mas você eu sei que merece.


1 comentários:

Gugu Keller disse...

O ser amado é do eu o outro lado.
GK