3.6.13

Look at me

Eu vou voltar, não me diga adeus. Estarei aqui quando menos esperar, estarei de volta antes do seu aniversário chegar. Voltarei com presentes e histórias, com um amor que cresce a cada hora, com uma saudade maior que a de agora. Eu vou voltar, mas não espere por mim. Vá vivendo sua vida como puder, vá conhecer todos os lugares que quiser. Eu não quero te privar de nada, eu vou viver uma vida nova, eu prometo voltar renovada, e te quero novo também. Eu vou voltar, mas hoje me abrace. Me aperte forte contra o seu peito, me faça sentir só por um momento que eu ainda sou jovem e nós temos tempo. Me leve de volta para aquele dia, em que nos encontramos numa padaria, eu me embebedei enquanto você bebia e não me arrependo. Eu vou voltar, por nós, eu vou voltar. Eu sei que você entende, você vê que ultimamente a vida ficou louca e eu descrente, preciso me achar. Comprei uma câmera e bateria, vou tirar fotos todos os dias, você vai rir do que eu te contar. Eu vou voltar, e mal posso esperar. Já estou contando as horas e nem parti, mas o problema é que eu não sei mentir, a dor que eu sinto agora ninguém mais sente. Vou ver um outro mundo e eu tenho medo, que talvez tudo mude e eu caia em desespero, e eu não me cure totalmente. Mas eu repito que vou voltar. Bem ou mal, eu vou voltar. Eu vou querer ver o que o tempo faz, e eu vou ser tão feliz se ele nos trouxer paz, e vou lutar pra ficar bem se ele nos afastar. Eu te jurei amor quando te conheci, e será mentira se disser que não cumpri, então, te juro, amor, espere e verá: eu vou voltar.

1 comentários:

Adalberto Rodrigues disse...

gostei .



bjs, quartoemanexo.blogspot.com