4.7.12

"Não se supera um amor passado forçando um novo amor" é a nova lição que a vida tenta me ensinar e eu custo pra aprender. No fim da noite, o gosto da insistência é tão amargo que acabo esquentando meu café do dia anterior sem nem ter pregado os olhos. Tento ao máximo me desvencilhar da sua imagem e gostar de novos perfumes, mas é sempre em vão. Nossos amigos em comum ainda citam seu nome uma vez ou outra e eu acabo esbarrando em você nas esquinas da vida. Que pena, não é?! Desperdício de tempo meu e de uma pessoa que poderia amar alguém que quisesse ser amado. Se fosse o contrário, você já teria aberto mão há muito tempo. E eu sei disso, isso me dói, mas eu continuo dizendo que não devemos desistir de quem amamos. E eu continuo acreditando que um dia você abrirá seus olhos e perceberá que eu sempre estive ao seu lado. Não será tarde demais. Temos outras vidas para viver e, antes disso, muitos anos pela frente. Tenho medo de, por você, não deixar mais ninguém entrar em minha vida, mas tenho dificuldade em aceitar que tenho a opção de seguir em frente. Aceito os abraços e carinhos de outra pessoa, mas com você na mente e no coração. É como uma traição, minha consciência diz. Se ele ao menos soubesse... Faria o que eu não tenho coragem de fazer. Levantaria da cama sem olhar para trás, bateria a porta e iria procurar alguém que o merecesse. Mas o meu medo de ficar sozinha não permite que eu deixe-o perceber o que eu sinto de verdade e talvez o seu amor também não queira que ele enxergue. Isso não é vida. É tortura; esperar o tempo passar, achando que as coisas entrarão nos eixos sem que eu me mova. Mas uma hora eu pego no sono e deixo pra pensar nisso tudo outro dia...

1 comentários:

Anônimo disse...

Estive pensando em não comentar mais os seus posts, mas não consigo. Acho que você bate sempre nas mesmas teclas, faz sempre as mesmas perguntas mesmo sabendo as respostas. Tenta me fazer desistir, mas sou duro, não desisto de sua amizade. não quero mais que isso é você ainda não entendeu. Uma pena, mas não acho perda de tempo. Durma bem.