16.6.12

Querido amor,

Segui em frente mas você ainda é meu amor. Foi verdadeiro e não tenho vergonha alguma em admitir que foi uma fase boa da vida, que vem em minha mente de tempo em tempo e preenche meu coração com alegria. Encontrei outro amor, para te fazer companhia. Veja, eu acredito que podemos amar diversas coisas, pessoas, lugares. Só porque está no passado, não quer dizer que não seja amor. Mas enfim... Não era bem isso que eu queria escrever.

Depois que voltei a caminhar, cheguei a lugares incríveis, conheci pessoas maravilhosas e aprendi coisas que eu não imaginava que existissem. Não estou tentando fazer ciúme, gosto tanto de você que quero que saiba que isso acontecerá de vez em quando - eu compartilharei meus melhores momentos, e alguns ruins também, com você. Espero que fique feliz por mim, como eu ficarei quando você desejar compartilhar as coisas boas que tem presenciado.

Demorei um pouquinho para me acostumar com a nova vida, mas hoje até mesmo o novo café já não é tão ruim. E as novas risadas são gostosas de ouvir. As novas ruas por onde ando são um pouco diferentes, mas entre uma esquina e outra ainda encontro botequinhos como aqueles que gostávamos de frequentar.

Ah, a nova vida também me trouxe uma pessoa especial, que parece gostar tanto de mim quanto eu gostava de você. Isso é bom, porque, meu Deus, como eu gostava de você. E ele é tão diferente do resto e isso também é bom. Ele me acorda com mensagens carinhosas e diz que sonhará comigo toda noite antes de dormir. Eu pareço sempre metê-lo em confusão. Acho que você estava certo sobre isso; eu sou encrenca.

Eu quase não tenho tempo para a cervejinha diária. Nem ao menos semanal. Estou muito ocupada pensando que sou importante porque falo em inglês com os grandões das empresas multinacionais. Mas, olha, vai dizer que não está orgulhoso de mim por isso? Eu estou e meu reflexo no espelho finalmente não faz caras feias.

Encontrei com uma amiga nossa essa semana, ela disse que o brilho nos meus olhos a emocionou. Eu realmente estava radiando alegria aquele dia. Estou feliz, é isso. Tenho excluído as músicas tristes da minha playlist e cantarolado músicas de superação no trem que me leva ao trabalho todos os dias.

Eu não tenho muito mais o que dizer, é tudo tão recente. Espero que sua vida também tenha mudado bastante nos últimos dias, desde quando decidimos seguir caminhos diferentes. Sempre há uma bifurcação adiante e ficar parado é pior do que escolher o caminho errado. Fico feliz que tenhamos seguido em frente sem medo. O errado nem sempre é ruim.

Já está ficando tarde e amanhã acordo cedo, então fico por aqui, com os meus votos de felicidade e meu sussurro carinhoso; "eu te amo". Amo mesmo, sempre amarei. Contarei nossas histórias para qualquer um que estiver interessado em ouví-las, porque você merece ser lembrado, mesmo que em alguns anos já não se lembre tão bem de mim. Aproveite seus dias e me escreva a hora que quiser, mas se não quiser manter contato, saiba que te desejo uma boa vida, porque a vida é boa, amor.

Sempre sua,

"Doidinha"

1 comentários:

PedroSardi disse...

Mayara, gostei de ver e de ler esse texto com muito mais brilho e otimismo. Acho que não são só os seus olhos que estão radiantes, seu texto mostra isso. Continue assim, e pode contar comigo para isso. Stand by me!