31.10.11


Se essa fosse outra época, eu estaria no chão do meu banheiro, rezando para levantar antes que alguém percebesse que a música de Courtney Love estava no último volume apenas para abafar o som dos meus soluços.
Mas não é outra época. Não é mais o meu passado. O meu inferno. Não é o paraíso, mas estou longe de sucumbir ao que você quer de mim e ao que você precisa que eu seja. Não quero soar arrogante, mas sou mais forte que você. Não preciso destruir o próximo para sorrir. Aprendi a sorrir com o que a vida me dá, não com o que eu tiro dos outros.

0 comentários: