4.3.11

Eu era muito criança para entender. Ele, persuasivo. Ela, assustada. Palavras dos dois ecoavam e um queria ter mais razão que o outro. Objetos quebravam e abafavam os gritos. Lágrimas me ajudavam a fechar os olhos e encarar aquelas noites. Tentar sair do meu quarto não valia a pena. Nunca os impedia de ser quem eles eram. Tentar tocar no assunto na manhã seguinte não podia passar pela minha cabeça. Era passado, eles diziam. Eu cresci achando que o ontem era passado e hoje estava tudo bem, por mais que ações se repetissem. Meu passado me assombra até ontem, e eu não falo de ontem ou semana passada. Eu falo de anos engavetados. Noites que ninguém em minha vida pode condenar. Eu e a escuridão andamos de mãos dada e ela é minha melhor amiga. Porque quando algo ruim acontece, ela está ali para me lembrar que há coisas piores nesse mundo.

1 comentários:

Asuki ah disse...

Ola! Adoerei o seu blog, esta muuito bonito.
Me desculpe. eu criei um blog e queria saber sua opnião voce pode passar pelo meu blog? e dar uma olhada? e deixar sua opniao?
valeu
http://rica-jose.tumblr.com/